A importância da água na história

A importância da água na história

A história dos filtros e purificadores estão muito ligados à história da própria água.

A humanidade se desenvolveu em volta dela como fonte de vida indispensável.

O comércio dependia dela e a sociedade só povoou regiões mais áridas quando houve alguma forma de transportar água pura para esses lugares, como com os aquedutos romanos!

Na Antiguidade, o grego Hipócrates já observava diversas vantagens no consumo de uma água mais pura.

Foi ele mesmo criou uma espécie de purificador de água que usou com seus pacientes.

O invento consistia em um saco de pano em que a água era despejada depois de ser cozida.

Isso era feito com o intuito de prender qualquer coisa que estava causando mau gosto ou cheio na água.

Séculos depois, no período do Renascimento, que tivemos outro grande avanço do tratamento da água: a criação do microscópio.

Com ele foi possível enxergar minúsculos organismos vivos que vivem em um gota d’água e que antes eram desconhecidos.

No século XIX, época em que ocorreu um surto de cólera em Londres, as pessoas passaram a notar que a água de má qualidade estava ligada à doença.

Por isso, nos locais em que filtros de areia foram instalados, os casos diminuíram.

Então, foi criado um dos primeiros exemplos de regulamentação governamental sobre a água pública na história!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


fale conosco